Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Translate

Seguidores

domingo, 1 de novembro de 2009

A marcação diferencial de objeto no hebraico

TÍTULO EM NEGRITO E EM CAIXA ALTA / VERSALETE

A marcação diferencial de objeto no hebraico (Rafael Dias Minussi): O objetivo deste trabalho é discutir a Marca de Diferencial Objeto ‘et, também chamada de Caso acusativo em algumas gramáticas. Entre as principais questões que discutiremos à luz da Morfologia Distribuída (MD) (Cf. HALLE; MARANTZ (1993), MARANTZ (1997) e HALLE (1997)) está a questão de que tipo de contribuição semântica o ‘et traz para as sentenças em que tal marca ocorre. Como resultado da análise dos dados do hebraico em comparação com o Turco, e também com Armênio (Cf. YEGHIAZARYAN (2005)), chegamos a algumas conclusões parciais: (i) o hebraico não apresenta uma especificidade ancorada no discurso e marcada pelo ‘et; (ii) o hebraico apresenta dois tipos de partitivo: um formado com a partícula me e ligado com o contexto precedente e outro formado com o Construct State e que não está ligado com um contexto dado previamente e (iii) entre as principais contribuições semânticas do ‘et estão a marcação de aspecto acabado e a desambigüização entre a leitura de indefinido e a leitura de definido em certos tipos de Construct States.


Veja mais:

Nenhum comentário: