Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Translate

Seguidores

quinta-feira, 7 de maio de 2015

FL/UFRJ: Breve Histórico do Setor de Língua e Literatura Hebraicas – ano de 2015

 
 
 
 
Atividades de Iniciação Científica, Cursos de Extensão e demais atividades acadêmicas – verificar o currículo Lattes dos docentes.


Docentes Efetivos (ordem alfabética)
Titulação
Cláudia Andréa Prata Ferreira
Doutorado
(06/2002)
Karla Louise de Almeida Petel
Mestrado
(03/2014)
Leopoldo Osório Carvalho de Oliveira
Doutorado
(02/2006)

Solicite informações, fluxograma, programa, ementas e bibliografia das disciplinas de graduação do Setor pelo e-mail: setordehebraico@letras.ufrj.br  

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Línguas Maternas: sobre a Convivência do Judeu-Espanhol com o Hebraico em Israel

Resumo: Este artigo dispõe-se a explorar e interpretar narrativas pessoais de mulheres falantes do judeu-espanhol, criadas na atmosfera cultural e linguística na atualidade israelense. A pesquisa é baseada num enfoque que define a narrativa pessoal como multifacetada e portanto utiliza ferramentas multidisciplinares para examinar o material coletado numa perspectiva linguística, literária, folclórica, antropológica e sociológica. As narrativas, assim como a atividade do grupo que serve de estrutura conceitual devem ser considerados à luz da definição de Benedict Anderson para uma “comunidade imaginária”, como a reconstrução do imaginário do judeu-espanhol, tido como uma identidade imaginária baseada numa cultura que virtualmente não tem função hoje em dia. Do aspecto da etnicidade a principal questão é se e como as narrativas pessoais criadas por mulheres falantes do judeu-espanhol aqui e agora refletem a identidade coletiva e as concepções do grupo étnico sefardita.

Árabe, fale hebraico: a língua como último reduto da batalha identitária do árabe israelense

Resumo: A língua é um componente importante quando abordamos a questão da identidade. No caso das crônicas do escritor árabe israelense Sayed Kashua, a temática da língua de escrita aparece quase que de maneira obsessiva. A maneira como Kashua trata o tema da língua não é convencional e nem poderia ser. Sayed Kashua é um árabe israelense que escreve toda a sua obra ficcional e jornalística em hebraico. Baseando-se na análise de diversas crônicas do autor publicadas no jornal israelense Haaretz, este artigo analisa como Kashua lida com a língua como uma ferramenta de identidade. Por meio do humor e da autoironia, este árabe israelense transita entre culturas, fidelidades e infidelidades e coloca a língua, tanto o hebraico quanto o árabe, no centro da batalha identitária e último reduto do árabe em contato com o ethos judaico israelense.

terça-feira, 28 de abril de 2015

Hebraico UFRJ


Hebreo al Grano

 ,

Hebreo Express

Hebraísmos de los siglos XV y XVI en documentación inquisitorial: selección y estudio

“Hebraísmos de los siglos XV y XVI en documentación inquisitorial: selección y estudio" realizado por SARA RODRÍGUEZ HIGUERUELA. (Universidad de Salamanca, España, 2012).

terça-feira, 24 de março de 2015

FL/UFRJ: Língua Hebraica III - 2015-1 (graduação)



Língua Hebraica III

Docente: Profa. Dra. Cláudia Andréa Prata Ferreira
Período: 2015-1 – Faculdade de Letras da UFRJ
Departamento de Letras Orientais e Eslavas
Setor de Língua e Literatura Hebraicas

Código
Disciplina
Créditos
Carga horária
Carga horária semanal
LEO 261
Hebraico III
6
90
6

EMENTA
Leitura sem vocalização. Verbos regulares e irregulares. Estruturas morfossintáticas mais complexas. Vocabulário intermediário da língua.

PROGRAMA
1. Numerais ordinais de 1 a 100.
2. Construção “hitpa’el” (presente, passado e futuro).
3. Verbos no futuro e no imperativo (pa’al, pi’el e hif’il).
4. Irregularidades verbais no pi’el e no hif’il.
5. Graus comparativo e superlativo do adjetivo.
6. O advérbio e suas posições na sentença.
7. O “semichut” (“genitivo”).
8. Iniciação à leitura sem vocalização.
9. Vocabulário de nível intermediário.


BIBLIOGRAFIA BÁSICA
BLUMERG, Harry & LEWITTES, Harry. Modem Hebrew. New York: Hebrew Publishing Company, 1991.
CHAIAT, Shlomit, ISRAELI Sara, KOBLINER. Hila. Ivrit Min Haatchalá. Jerusalém: Histadrut Hastudentim shel Univérsita Haivrí Birushalaim.2000. Vols. 1 e 2.
COFFIN, Edna Amir; BOLOZKY, Shmuel. A Reference Grammar of Modern Hebrew. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.
FERREIRA, Cláudia Andréa Prata. Língua Hebraica. Blog. Rio de Janeiro, Brasil: Blogspot, desde janeiro de 2008. Link: <http://linguahebraica.blogspot.com.br/>.
FSI Language Courses (Hebrew). Link: <http://fsi-language-courses.org/Content.php?page=Hebrew>.
GANANI, Nili e SHIMONI, Ruti. Ivrit Mibereshit. Holon: David Rachgold, 2005. Vols. 1 e 2.
GLINERT, Lewis. The Grammar of Modern Hebrew. Canbridge: Cambridge University Press, 1989.
______. Modern Hebrew: an essential grammar. Londres: Routledge, 1991.
HALKIN, Abraharn S. 201 Hebrew verbs: fuily conjugated in all the forms. New York: Barron's Educational Series, s.d.
LANG, Ora. Everyday Hebrew Structures and Exercises.  Jerusalém: Ahiever, 1974.
STEINBERG, David. History of the Ancient and Modern Hebrew Language.  Link: <http://www.adath-shalom.ca/history_of_hebrew.htm>.  
TARMON, Asher & UVAL, Ezri. Hebrew Verb Tables. Jerusalém: Tamir Publishers, 1991.
UVEELER, Luba & Bronznick, Norman N. Fundamentals of Hebrew. Jerusalém/New York: Fedheim Publishers, 1994.
WAIL, Hilda. Choveret HaDikduk. Jerusalém: Akademon, 2000.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

CLAC Hebraico 2015-1: início das aulas em 07/03/2015


Antiga confissão que ainda fala aramaico corre o risco de desaparecer

IHU (27/02/2015): Antiga confissão que ainda fala aramaico corre o risco de desaparecer: Os eventos que estão abalando a Síria e o Iraque levam tragicamente às honras das crônicas nomes de etnias, de seitas e de Igrejas cristãs que povoaram e povoam o mundo islâmico. A reportagem é de Roberto Tottoli, publicada no jornal Corriere della Sera, 25-02-2015. A tradução é de Moisés Sbardelotto. >>> Leia mais, clique aqui.

domingo, 31 de agosto de 2014

Terror do EI ameaça acabar com idioma de Jesus

Veja on-line (31/08/2014): Terror do EI ameaça acabar com idioma de Jesus Cristo: Não só os cristãos iraquianos estão correndo risco de vida. O aramaico falado por parte deles, uma das línguas vivas mais antigas do mundo, corre sério risco de desaparecer, vítima da insanidade irracional dos extremistas sunitas. >>> Leia mais, clique aqui.