Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Translate

Seguidores

domingo, 23 de agosto de 2009

O caso do Caso genitivo do hebraico

X ENAPOL

O caso do Caso genitivo do hebraico

Rafael Dias Minussi

Resumo: Este trabalho tem como objetivo discutir a checagem de Caso numa construção muito produtivo do hebraico: o Construct State. Essa construção se diferencia de outra construção da língua, o Free State, por não apresentar uma preposição que atribua um Caso oblíquo ao sintagma nominal. Dessa forma, perguntamo-nos de que forma se dá a atribuição de Caso no construto, uma vez que não há a presença de atribuidor de Caso.Tendo como arcabouço teórico o Minimalismo (Cf. CHOMSKY, 1995,2001) e a Morfologia Distribuída (Cf. MARANTZ; HALLE, 1993, MARANTZ, 1997 e HALLE, 1997), discutiremos a proposta de Borer (1999), a qual defende uma análise sintática para o Construct State e a de Siloni (2003), a qual propõe uma análise prosódica para a formação do construto e também para a atribuição de Caso nessa construção. Assim, propomos uma análise alternativa para checagem de Caso e Definitude no construto baseada na operação de Agree.

Palavras-chave: Construct State; Caso; Agree; Morfologia Distribuída; Língua Hebraica.

Nenhum comentário: